sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Uma questão de peso...

Enquanto conduzia para casa, vinha a ouvir na rádio, mais uma vez, a questão do peso da Adele. Eu nem sequer sou grande fã da Sra. mas confesso que este é um assunto que me faz cá uma "comichão"! Deixem por favor a Sra. ser como é, ela é feliz assim e ninguém tem nada com isso! Aliás "tiro-lhe o chapéu" por saber que no meio de tanta pressão e comentários, ela continua firme e sem ceder estereótipos ridículos.  
Infelizmente sei bem o que é ser "vítima" da sociedade, dos seus preconceitos e conceitos de beleza. Tenho problema alimentares que não desejo a ninguém e que me obrigam a uma luta interna dia após dia, ano após ano (mas isto dava um outro post). 
Gostava de saber porque todas as mulheres têm de ser magras, usar saltos altos e maquilhagem... Porquê? Porque continua a sociedade a alimentar isso? Nós, mulheres, lutámos sempre pelos nossos direitos: lutámos pelo direito de trabalhar fora de casa, pelo direito ao voto, foram tantas as lutas mas continuamos a deixar que mundos como o da moda e que gentinha que se acha fashion, comande a nossa vida forçando-nos (indirectamente) a dietas malucas, cirurgias, e afins para conseguir o inatingível ( ou atingível com photoshop).
Actualmente ver uma mulher adulta a comer uma pizza ou um hamburger é logo motivo para comentários tais como: "é por isso que está gorda"; "mata-se no ginásio e depois vem comer destas coisas"; "a comer assim e depois queixa-se que engordou"; "deve ter tanta celulite"... E o pior, somos nós mulheres que mais criticamos as outras....
Está nas nossas mãos mudar o conceito de beleza e lutar pelo direito de nos sentirmos bem com o nosso corpo, sem criticas, sem comentários, sem julgamentos. 
Todas sabemos que a mulher "real", do quotidiano, que não vive em revistas cor-de-rosa, que não tem dinheiro para ser "recauchutada" em clínicas de estética, tem celulite, tem gordurinhas, tem ancas largas, tem peito grande ou pequeno, tem muito mais inteligência, muito mais valor, tem muita mais beleza. É muito mais feliz!





13 comentários:

  1. Grande post!! não podias estar mais correcta, eu própria admito que estou cada vez mais presa à imagem e ao peso...e isso é comprometer a nossa liberdade e os direitos! nós mulheres passamos o tempo afirmarmos-nos na sociedade, a ganhar igualdade mas somos as primeiras a julgar e a andar segundo estereótipos absurdos!
    subscrevo o teu texto!
    beijinho

    ResponderEliminar
  2. :) Obrigada Tralhas de Mulher... Às vezes canso-me de ser mulher e de estar sempre a ouvir comentários parvos! Beijinhos*

    ResponderEliminar
  3. Amen! :)
    Vivemos rodeados de inveja mesquinha, alheia...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :) Obrigada Heriwen! Cabe-nos mudar isso :) Beijinhos*

      Eliminar
  4. Faço das tuas as minhas palavras... Não diria melhor! Claro que me preocupo com a imagem, como a maioria das pessoas, mas não vivo obcecada com isso e cada vez menos! Se tenho uns quilos a mais?! Tenho, acho que desde os meus 12/13 anos sempre tive e então?! Sou saudável e não entro em dietas malucas só para perder a barriguinha. Já basta não poder comer as coisas que gostamos por sermos alérgicas ou intolerantes. Nada disso, era mesmo o que mais me faltava... Viciada na aparência?! Felizmente não!

    Beijinho ;)*

    PS - Adoro essa imagem do Love Actually, cute até mais não!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo isso Pituxa, cada pessoa tem direito a sentir-se bem da forma que é, sem ter de "levar" com moralismos e criticas! Beijinhos*

      Eliminar
  5. Concordo plenamente contigo, a meu ver as pessoas devem cuidar da imagem para se sentirem bem com elas próprias, para a sua auto estima e se sentirem bem e confortáveis, gordas magras, com ou sem anca como quiserem... desde que se sintam bem assim e não porque alguém disse isto ou aquilo...
    Gostei do teu blog querida , estou a seguir :)

    Visita e se gostares segue-me ♥
    http://sosweetsopink.blogspot.pt
    https://www.facebook.com/sosweet.sopink91

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Mara pela visita e pelo comentário :) Também já sigo o teu cantinho :) Beijinhos e volta sempre*

      Eliminar
  6. Assunto deplorável, como se o peso dela tivesse algo a ver com o trabalho que faz.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Parece que o peso dela tira o sono a muita gente... Beijinhos*

      Eliminar
  7. há uns tempos atrás vi a alteração a que a adele foi sujeita. basta fazer uma pesquisa no google para ver como a imagem dela mudou. o risco preto nos olhos tornou-se mais intenso, o penteado mais "vintage"... houve claramente um aprumo da imagem - e para melhor! isso vende mais discos, por incrível que pareça, embora a mulher tenha um vozeirão e a imagem não devesse ser variável nesta equação. porém, em relação ao peso, ela sempre foi gordinha, acabou de parir o primeiro rebento e a única vez que se calou foi quando teve danos nas cordas vocais. alguém me explica o que é que o peso dela é relevante para a sua capacidade de cantar? ainda para mais, isso ser assunto de programa rádio? com tanto mais que poderia ser dito acerca dela, parece que a sua forma arredondada é sempre o principal motivo de conversa. depois não admira que haja tanta gente a colocar peso à frente de saúde, esterótipos à frente de valores e fantasia à frente de realidade. sugiro que oiças outra estação de rádio, red velvet, que essa já deu o que tinha a dar! muda para uma em que esteja a dar música eheheh! ;) *

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Limited, tens toda a razão, tenho mesmo que mudar para uma em que esteja a dar música sem se questionar o peso de quem a canta ;) Beijinhos e obrigada pela visita!

      Eliminar
  8. A Adele pode ter excesso de peso mas é muito gira (eu acho!).
    Já estive nas duas situações, já pensaram que passava fome por ser muito magrinha e presentemente devem pensar que como muito porque tenho uns quilinhos a mais. Mentira. Nunca passei fome, nem como demais. ENfim ...

    Bjokas

    ResponderEliminar

Obrigada e voltem sempre a este meu "cantinho". Serão sempre recebidos com um sorriso!